Paulo Cheida Sans participa de mostra no Museu de Arte Contemporânea em Curitiba

MAC PR

Museu de Arte Contemporânea do Paraná.
 

Curitiba: O curador do Museu Olho Latino, Paulo Cheida Sans, participa da mostra “Gravuras – poéticas e técnicas diversas” no Museu de Arte Contemporânea (MAC) do Paraná em Curitiba. A mostra, inaugurada em 1º de setembro, está aberta para visitação até 30 de outubro.

O MAC Paraná foi inaugurado em 1970. O acervo do museu detém mais de 1500 obras de diversos artistas plásticos do país adquiridas por meio de compras e doações de colecionadores particulares.

Vista parcial da montagem - Gravura de Paulo Cheida na esquerda
Vista parcial da montagem.

A exposição “Gravuras – poéticas e técnicas diversas” tem origem em um segmento de obras do acervo e apresenta, de forma didática, a técnica e o início da gravura de arte  no Brasil e no Paraná. A mostra reúne gravuras de artistas expressivos de renome nacional. Além de Paulo Cheida participam: Poty Lazzarotto, Darel Valença, Lívio Abramo, Orlando da Silva, Renina Katz, Fayga Ostrower, Gilvan Samico, Newton Cavalcanti, Violeta Franco, Fernando Calderari, Danúbio Gonçalves, Uiara Bartira, Denise Roman, Mazé Mendes, Paul Garfunkel, Domicio Pedroso, Juliane Fuganti, Guita Soifer, Tomie Ohtake, Jussara Age, Carlos Eduardo Zimmermann, Francisco Stockinger, Zoravia Bettiol, Elvo Benito Damo, Cícero Dias, Volpi, Marcelo Grassmann, entre outros.

Para Paulo Cheida, “é muito gratificante expor no MAC Paraná juntamente com importantes artistas da história da arte brasileira”. O MAC Paraná tem se destacado por manter uma programação significativa e por valorizar e divulgar o seu acervo em exposições tanto em seu setor expositivo quanto em mostras itinerantes.

 

Exposição: “Gravuras – Poéticas e Técnicas diversas - mostra do acervo”.
Período da mostra: de 1 de setembro a 30 de outubro de 2016. Entrada gratuita.
Visitação: de terça a sexta-feira, das 10h às 19h. Sábado e domingo, das 10h às 16h.
Local: Museu de Arte Contemporânea do Paraná.
Endereço: Rua Desembargador Westphalen, 16. Curitiba, PR.
 
 

Museu Olho Latino expõe xilogravuras de Hélio Schonmann

helio
Hélio Schonmann.
 

Atibaia: A mostra “Xilogravuras” do artista plástico Hélio Schonmann está em exposição de 06 a 26 de outubro no Museu Olho Latino, situado no 1º andar do Centro de Convenções e Eventos “Victor Brecheret”, em Atibaia, SP. A curadoria é do prof. Dr. Paulo Cheida Sans.

A exposição é composta por gravuras do artista que foram doadas para a coleção do Museu Olho Latino. A maioria das obras foi realizada nos últimos três anos.

Hélio é um artista que produz pinturas, gravuras, desenhos, objetos e registros fotográficos de intervenções urbanas nos processos de construção e desconstrução da identidade humana nos dias atuais.

obra helio schonmann
Obra de Hélio Schonmann.

Hélio Schonmann é artista visual e professor. Frequentou, nos anos 70 e 80, o Atelier de Livre Criação em Artes Plásticas do Museu Lasar Segall, em São Paulo, onde assumiu posteriormente o cargo de orientador (1979/83). No final dos anos 90, incorporou a instalação e a gravura em seu fazer artístico, tendo recebido orientação de Evandro Carlos Jardim. Realizou mostras individuais e vem participando de mostras coletivas e trabalhos colaborativos de arte urbana no Brasil, Argentina, Alemanha, Itália, China, Cuba, México e França. Sua obra está presente no acervo de instituições públicas e privadas, como Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Botucatu, Museu Olho Latino (Atibaia), entre outros. A partir de 2009 iniciou um trabalho de coordenação de projetos de arte pública colaborativa e curadoria dos ciclos de mostras coletivas VI(VER), duplamente premiados pelo ProAC SP. Reside e trabalha atualmente na cidade de Louveira, SP.

Para o curador Paulo Cheida, o artista Hélio Schonmann é um dos principais nomes que desponta no cenário artístico e “é um enorme privilégio ter suas xilogravuras na coleção Olho Latino”.

A mostra “Xilogravuras” do artista plástico Hélio Schonmann pode ser visitada até 26 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Al. Lucas Nogueira Garcêz, 511, Parque das Águas, na Estância de Atibaia, SP. A realização da mostra é do Museu Olho Latino e da Secretaria de Cultura e Eventos.

Convite Helio p

 
Exposição: “Xilogravuras” – do artista plástico Hélio Schonmann.
Curadoria: Paulo Cheida Sans.
Período da mostra: 06 a 26 de outubro de 2016.
Visitação: de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Local: Museu Olho Latino.
Endereço: Al. Lucas Nogueira Garcêz, 511 - Estância de Atibaia, SP.
 

Paulo Cheida Sans participa de mostra no Memorial da América Latina em São Paulo

Galeria Martatraba
Galeria Marta Traba no Memorial da América Latina
 

São Paulo: A Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo apresenta a exposição “APAP 35 anos de Arte”, com cerca de 75 obras em várias modalidades técnicas, bi e tridimensionais, na Galeria Marta Traba do Memorial da América Latina em São Paulo. A abertura da mostra acontece no dia 7 de outubro (sexta-feira), às 19h, e as visitações poderão ser feitas do dia 8 ao dia 6 de novembro.

É uma mostra comemorativa da APAP de seus 35 anos de atuação em pró da arte e da cultura. Fundada em novembro de 1981 por 29 artistas, a Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo tornou-se um fórum de reflexão e discussão sobre temas relevantes para o exercício da profissão do artista plástico e de toda manifestação positiva para a afirmação da categoria.

Paulo Cheida Pintando
Paulo Cheida Sans pintando.

A Associação tem em sua história a participação de grandes nomes da arte brasileira, como os artistas falecidos: Arcangelo Ianeli, Antonio Henrique Amaral, Tomie Ohtake e muitos outros. Desde a sua fundação a entidade tem marcado presença como um polo significativo da arte nacional. A gestão atual é presidia por Walter Miranda, tendo como vice o artista Cirton Genaro.

Entre os participantes da mostra está Paulo Cheida Sans, curador do Museu Olho Latino (Atibaia, SP). Para Paulo “esse é um momento especial para a APAP, pela qualidade da mostra, e para o Memorial da América Latina por proporcionar a oportunidade para o público apreciar uma exposição com tantos talentos ao mesmo tempo, sendo que cada artista tem uma presença marcante no cenário artístico”. Cheida diz ainda que se sente muito honrado de ser um dos membros da APAP.

Obra Entrar
Obra de Paulo Cheida Sans.

Os artistas participantes são: Adélio Sarro, Agi Straus, Alcindo Moreira, Ana Alice Francisquetti, Angelo Milani, Aprigio, Astrid Salles, Barbara Spanoudis, Bia Black, Caciporé Torres, Cássio Lázaro, Cecilia Macedo, César Romero, Chris Trucco, Christina Parisi, Cirton Genaro, Coca Rodriguez, Diana Martire, Dircéa Mountfort, Eiji Yajima, Evandro Carlos Jardim, Everson Fonseca, Fátima Lourenço, Fernando Ekman, Francisco Baratti, Gersony Silva, Gonzalo Fonseca, Gracita Bueno, Guilherme de Faria, Hannelore Jacobowitz, Hedva Megged, Heloize Rosa, Ida Zami, Ines Benou, Isabel Pochini, Joedy Marins, Kenichi Kaneko, Leila de Sarquis, Lílian Arbex, Lily Simon, Luis Bayón, Luis Sun, Marco São Pedro, Marcos Rizolli, Maria Bonomi, Maria Villares, Marilzes Petroni, Marli Takeda, Meiri Levin, Miguel de Frias, Nelson Bavaresco, Nelson Screnci, Nicolai Dragos, Nícolas Vlavianos, Nino Millán, Norberto Stori, Paulo Cheida, Percival Tirapeli, Roberto Giannecchini, Ronaldo Gifalli, San Bertini, Sara Goldman Belz, Taro Kaneko, Valdir Rocha, Vanda Ramirez, Walter Miranda, Walter Tommasi, Yone Di Alerigi, Yutaka Toyota e Zélio.

A Galeria Marta Traba fica aberta de terça a domingo, das 9h às 18h. A entrada é gratuita. A Fundação do Memorial da América Latina está localizada na Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, na Barra Funda, em São Paulo.

convite memorial da america latina
(clique na imagem para ampliar) 

 
Exposição: “APAP 35 anos de Arte”
Abertura: 07 de outubro, às 19h
Data: 08 de outubro a 06 de novembro
Visitação: terça a domingo, das 9h às 18h
Local: Galeria Marta Traba da Fundação Memorial da América Latina
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo, SP.
Entrada: Gratuita
 

Veja o vídeo sinopse do evento que marcou a abertura da Chácara Núcleo de Arte do Museu Olho Latino

 
Veja:  O Museu de Arte Olho Latino, dirigido pelos professores artistas Paulo Cheida Sans e Celina Carvalho, lançou o projeto “O Espantalho que não mente” em seu 1º Sarau, inaugurando a sua sede educativa e de extensão no município de Hortolândia, SP. O museu tem sede de exposições na cidade de Atibaia, SP, desde 2006, onde mantém a realização de mostras periódicas de importantes artistas na área da gravura.
 
A mostra inicial do projeto “O Espantalho que não mente” foi apresentado em 30 de julho expondo 17 peças escultóricas de técnicas mistas de artistas do grupo de arte do Museu Olho Latino e também de artistas convidados. Participaram os artistas do grupo efetivo formado pelos artistas: Alex Roch, Celina Carvalho, Cibele Marion Sisti, Maricel Fermoselli, Paulo Cheida Sans, Suely Arnaldo e Walcirlei Siqueira. Como convidados participaram os seguintes artistas: Ana Cominal, Ândrea Borges, Bruno NITZ, Daniel Inoue, Dink, Gabriela Sala, Jana Richardi, Lari Leite, Tiago Emanuel e Tiago Rego.
   
O projeto “O Espantalho que não mente” foi apresentado em seu esquema inicial e será implementado com novas propostas e adaptado conforme as necessidades dos locais expositivos em que for acolhido para ser exposto.

O vídeo conta com as imagens e edição de Luciene Sans mostrando momentos de uma tarde festiva comemorada pelo Museu Olho Latino.
   
Aproveite e se inscreva no canal Olho Latino para receber as próximas novidades!
 
 

Produção de gravuras é o foco do 3º Sarau Cultural na Chácara Olho Latino

convite 3 sarau chacara olho latino

Hortolândia: O Museu Olho Latino apresenta o seu grupo de arte na realização do 3º Sarau Cultural de Artes Visuais que acontece em 24 de setembro, às 14h, em sua sede de extensão em Hortolândia.

Com o intuito de mostrar os artistas do Grupo Olho Latino desenvolvendo a continuidade do projeto em desenvolvimento “O Espantalho que não mente”, o 3º Sarau é marcado pela reunião dos artistas sendo aberta ao público.

Para o coordenador da equipe, Paulo Cheida Sans, o objetivo do Sarau é apresentar o processo criativo dos artistas do coletivo Olho Latino na execução de gravuras, desde a sulcagem da matriz até a impressão no papel.

Participam do processo criativo os seguintes artistas: Alex Roch, Bruno NITZ, Celina Carvalho, Cibele Marion Sisti, Paulo Cheida Sans, Suely Arnaldo, Tatiana Medoruma e Tiago Rego.

O sarau do Grupo Latino acontece no dia 24 de setembro, das 14h às 17h, na Chácara Núcleo de Arte Olho Latino, situada na Av. das Melissas, 357, no Jardim Boa Vista em Hortolândia, SP. O evento é aberto ao público interessado.

 

3º Sarau: “A criação de gravuras do Grupo Olho Latino”
Período da apresentação: 24 de setembro, das 14h às 17h.
Local: Chácara Núcleo de Arte Olho Latino.
Endereço: Av. das Melissas, 357 – Jardim Boa Vista - Hortolândia, SP.